2 2 9

DIAS PARA O CARNAVAL!

Carnavalesco Eduardo Caetano na França

Carnavalesco da Imperador do Ipiranga conta como foi fazer Carnaval na França

Eduardo Caetano trabalhou na montagem de dois Carnavais no país

23/01/2018 Redação Liga SP - Foto: Carnavalesco Eduardo Caetano na França

Quando o assunto é quem tem mais samba no pé, o brasileiro sai na frente, dá show na passarela e mostra que o Brasil é a terra do samba. Agora, já ouviu falar de Carnaval na França? Sim, a terra do queijo também costuma promover o evento cultural de destaque do nosso país para cair no samba.

+ Confira os melhores momentos dos ensaios técnicos do último final de semana

O carnavalesco Eduardo Caetano, que hoje trabalha na festa da Imperador do Ipiranga  para o Carnaval SP 2018, trabalhou na montagem de dois Carnavais fora de época na França, e, em entrevista à Liga SP, revelou que o convite surgiu de uma forma inesperada. 

“Na época em que eu fazia o Carnaval da Tom Maior [2002], apareceu um senhor querendo fazer um estágio, pesquisa de campo. O nosso querido amigo e saudoso Marquinhos me apresentou. A partir desse estágio, ele era diretor de Carnaval na França e me convidou para fazer esse trabalho lá”, contou, e listou as diferenças da festa gringa comparada a brasileira.

“Como é um Carnaval fora de época, quem não gostaria, né?! Então, esse trabalho foi feito em três meses. O Carnaval de lá é diferente do daqui, não são grandes escolas, mas são grandes blocos. Você tem o tema e a cor da escola. Em cima da cor da escola, você cria os blocos e as pessoas se dividem, se organizam por si”,

+ Você sabe por que o Carnaval muda de data todo ano?

O mito de que o gringo não tem samba no pé para Eduardo, pelo menos na França, não existe. “A surpresa foi que a bateria é espetacular, os franceses sambas sim e a visão plástica não tem a grandiosidade e volume que nós temos, mas tem o calor, alegria e empolgação do Carnaval brasileiro”, finalizou.

Matérias Recomendadas