1 5 7

DIAS PARA O CARNAVAL!

Marcelo Messina/Liga SP

Colorado: Intérprete conta como Carnaval ajudou a salvar sua vida

Chitão Martins entrou em depressão após acidente de trabalho e disse que Carnaval foi seu remédio durante período difícil

17/01/2018 Redação Liga SP - Foto: Marcelo Messina/Liga SP

Que o Carnaval é sinônimo de festa e desfilar pelo Sambódromo do Anhembi é motivo de realização pessoal para os integrantes das escolas de samba, todos sabem. Mas para Chitão Martins, intérprete da Colorado do Brás, é algo além: a passarela do samba ajudou a salvar sua vida.

Chitão é nascido em Santos e trabalhava no porto local. Um acidente de trabalho fez sua rotina mudar drasticamente e foi somente com o Carnaval e o apoio de seus companheiros de Colorado que ele teve forças para superar o momento.

+ Confira os melhores momentos dos ensaios técnicos para o Carnaval SP 2018

"Eu tive síndrome do pânico, depressão... E o Carnaval foi o meu remédio. Se não fosse o Carnaval, a Colorado, o carinho das pessoas, eu não sei se estaria aqui hoje porque eu pensei em fazer muita coisa errada", contou Chitão.

O intéprete da agremiação do Brás falou ainda sobre a origem do famoso bordão "Prepara o capacete que lá vem pedrada". Confira a entrevista completa no vídeo!

A Colorado do Brás está no Grupo de Acesso e irá desfilar na noite de 11 de fevereiro. A escola será a quarta a se apresentar e o enredo se chama "Axé - Caminhos que levam à fé".