1 0 5

DIAS PARA O CARNAVAL!

Acadêmicos do Tatuapé - Desfile das Campeãs Carnaval SP 2017

Desfiles das Campeãs 2017

Desfiles das Campeãs foi marcado por emoção

06/03/2017 Redação Liga SP - Foto: Acadêmicos do Tatuapé - Desfile das Campeãs Carnaval SP 2017

A noite da sexta-feira foi marcada de emoção no Sambódromo. As sete escolas, que voltaram para a avenida para o Desfile das Campeãs, trouxeram a alegria de seus componentes e agitaram o público que retribuiu cantando os sambas enredo e aplaudindo as agremiações.

A primeira escola a desfilar foi a Independente Tricolor, vice campeã do Grupo de Acesso. Depois foi a vez da X-9 Paulistana passar pela avenida muito emocionada por seu título e retorno ao Grupo Especial do Carnaval de São Paulo.

A Rosas de Ouro veio em seguida. Quinta colocada do Grupo Especial a presidente da escola, Angelina, desta vez veio a frente da comissão e agradeceu ao público pelo carinho com a roseira.

A Império de Casa Verde foi a quarta colocada do Grupo Especial e, cantando a paz, desfilou para o público do Sambódromo que aplaudiu a escola que exibiu seu troféu durante todo o desfile.

Vai-Vai, terceira colocada do Grupo Especial, mais uma vez trouxe ao Anhembi sua comunidade que acompanhou a escola durante todo o percurso entoando o samba enredo da agremiação.

A vice campeã do Grupo Especial, Dragões da Real, entrou na avenida já eram quase quatro horas da manhã e, com grande público, apresentou mais uma vez o espetáculo de seu desfile e levantou a arquibancada.

A ultima escola a desfilar e grande campeã do Carnaval Paulistano foi a Acadêmicos do Tatuapé com muita emoção de seus componentes, diretores e presidente. A agremiação foi muito aplaudida pela conquista do título e encerrou o Carnaval de 2017.

O presidente da Liga SP, Paulo Sergio Ferreira comentou sobre o Carnaval de 2017. “As escolas fizeram um grande espetáculo. Tivemos um Carnaval sem nenhum incidente, com grande público e acima de tudo prevaleceu a segurança e a paz dentro do Sambódromo, tanto na pista quanto nas arquibancadas. Isso me deixa satisfeito e me faz acreditar que caminhamos para uma organização cada vez melhor para o samba”.