3 9 ,

DIAS PARA O CARNAVAL!

Daniella Strachino

Escolas do Grupo Especial fecham festa de lançamento do CD Carnaval 2019

As 14 agremiações que integram a elite do Carnaval de São Paulo fecharam com chave de ouro a festa que deu o pontapé inicial para 2019

03/12/2018 Redação Liga SP - Foto: Daniella Strachino

Em clima de muita alegria e emoção as 14 escolas que integram o Grupo Especial do Carnaval de São Paulo realizaram neste sábado (01), madrugada de domingo (2), o seu tradicional lançamento do CD Sambas de Enredo 2019.

O evento que serviu para celebrar o Dia Nacional do Samba contou com a presença ilustre do prefeito de São Paulo, Bruno Covas e do Presidente da Câmara Municipal, o vereador Milton Leite, também teve apresentações das escolas que integram o Grupo de Acesso 1 e 2, marcando assim, mais um capítulo importante para a história do Carnaval de São Paulo.

Quinta colocada em 2018, a Dragões da Real abriu as apresentações pelo Grupo Especial, e o comandante do carro de som, Renê Sobral comentou a importância da festa. “Esse evento respeita demais o sambista, seja ele integrante ou não de uma agremiação. Como o slogan já diz, somos uma comunidade de gente feliz, e realizamos aqui hoje uma apresentação idêntica da que será feita na avenida, recheada de alegria e empolgação”, festejou o interprete.

Com a missão de contar em seu desfile os 124 anos do cinema, a Império de Casa Verde trará em seu desfile oficial pelo oitavo ano a Rainha de Bateria, Valeska Reis, que demostrou satisfação ao sentir a energia da sua comunidade em integrar esse evento. “A escola passou numa alegria, numa empolgação, enfim, isso foi só um aperitivo do que iremos apresentar no desfile oficial. Hoje eu sou a rainha de bateria da melhor bateria do Carnaval de São Paulo, a Barcelona do Samba merece toda a minha dedicação”, afirmou.

Elogiando a animação da escola e a interação com o público que veio prestigiar o evento, o interprete da Mancha Verde, Freddy Vianna, reforçou que o trabalho feito pela Liga SP em prol do Carnaval é revolucionário. “Essa apresentação é diferenciada de tudo que já vimos dentro do Carnaval. O ano passado esse formato já chamou atenção, esse ano sinto que a evolução foi maior, ainda mais por que estávamos todos juntos de novo. Eu tive o prazer de abraçar vários amigos da Dragões da Real, o que prova que aqui não existe rivalidade, ainda mais com escolas oriundas de torcida, como a nossa”, comemorou.

Quarta escola a cruzar a faixa amarela no desfile do dia 01 de março, a Acadêmicos do Tucuruvi, também realizou uma linda apresentação e para o Mestre da escola, Guma Sena, parecida literalmente dia de desfile. “Clima e energia de avenida, sou suspeito, mas esse modelo que a Liga SP adotando é o melhor. Eu acho que de dois anos pra cá é inquestionável, só vem melhorando. Nosso desfile esse ano será diferente, esperem, chegaremos com uma nova proposta, porém, com o mesmo formato”, declarou.

Atual bicampeã do Carnaval de São Paulo, a Acadêmicos do Tatuapé, demostrou muita força e garra em sua apresentação. A agremiação que em 2019, falará muito sobre o povo brasileiro expressou esse sentimento na festa, tida como uma previa para o desfile oficial. Imponente e feliz ao interpretar o samba da primeira colocada, Celsinho Mody, reafirmou que esse trabalho segue incansável. “Eu acredito que o samba de São Paulo nesse formato é uma grande resistência, a música e a arte são do povo, por isso reforço, essas apresentações aqui, a preços populares, hoje é maravilhoso, quanto mais a cultura estiver nos braços do povo, mas forte o povo estará”, reiterou.

Homenageando o sambista, Arlindo Cruz, a X9 Paulistana também deu o seu recado na passarela do samba improvisada para a grande festa de lançamento do CD Sambas de Enredo 2019. O interprete oficial da escola, Darlan Alves, comentou a representatividade dessa festa. “Só de saber que o Arlindo Cruz acompanhou a transmissão da Liga SP pelo Youtube, já deixou as minhas pernas bamba. Realmente esse Carnaval promete ser um divisor de águas na minha vida, integrar o time de compositores e interpretar o samba da X9 nesse próximo desfile, juro, sem palavras para descrever, só agradecer esse cara que representa o bem, acredite, nosso desfile será magico”, se emociona.

Para o coreografo da Comissão de Frente da Tom Maior, Robson Bernardino, esse evento serve realmente como uma preparação do elenco, apesar de não dar nenhuma dica do que os foliões verão do dia oficial de desfile. “Hoje mostramos a forma como estamos nos preparando, a harmonia, o sincronismo, o ritmo oficial do samba e principalmente a energia de todos os componentes. Por ser um projeto novo, nada está garantido, sendo assim, a minha comissão precisa iniciar do zero, e buscar a nota máxima de novo”, assinala.

Abrindo a segunda noite de desfiles do Grupo Especial do Carnaval de São Paulo, a Águia de Ouro, contou com a participação de vários setores da escola nessa festa, o destaque mais uma vez foi para o carro de som, comandado pelo interprete Douglinhas, que elogiou o trabalho de toda comunidade. “Esse evento é uma pré largada para o desfile oficial, nessas festas é que conseguimos avaliar como a escola está realmente, e na minha opinião, temos tudo para fazer um bom desfile, um bom Carnaval”, festejou.

Após 25 anos longe do Grupo Especial do Carnaval de São Paulo, a Colorado do Brás retorna e quer fazer desses eventos únicos em sua história, é o que afirma o coreografo da Comissão de Frente, Kelson Barros. “Estamos muito ansiosos, e vamos fazer o melhor para nos manter no Grupo Especial. Assim como hoje vamos fazer um lindo espetáculo no desfile oficial, esse carnaval será de superação para todos nós, aguardem”, comentou o coreografo.

Com as emoções a flor da nele e sentindo a adrenalina da comunidade, a Rainha de Bateria da Mocidade Alegre, Aline Oliveira, sentiu o gostinho de avenida na apresentação da Morada do Samba. “Estou impressionada, a troca de energia foi indescritível, e vou confessar, estava aguardando muito por essa festa. Hoje consegui matar a saudade de tanta gente, vi a alegria nos olhos de todo mundo que cruzei. Essa comunhão não alegra só quem gosta de Carnaval, mas também divulga para quem admira o nosso trabalho, trabalho esse que realizamos o ano todo”, declarou.

Contagiando torcedores de todas as agremiações, a Vai-Vai, uma das escolas mais tradicionais e aguardadas seja qual for o evento que ela integre, recebeu mais uma vez o amor de todos aqueles que admiram o Carnaval de São Paulo, foi assim que o um dos diretores da agremiação, Lourival Almeida, definiu. “Essa é uma oportunidade de montar o cortejo da escola e sentir o retorno do público. Tenho a sensação de que o evento proporciona para a comunidade de todas as escolas essa sensação, ter o contato com o grande público é incrível, estimulante. Esse é o primeiro passo para o grande dia e a escola de samba Vai-Vai, sai bastante feliz com o resultado da sua apresentação”, celebrou.

Entrando em seu sexto ano defendendo as cores da Sociedade Rosas de Ouro, Mestre Rafa, é convicto em afirmar a sua satisfação em integrar esse grande evento. “Eu acho que esse espaço para o sambista devemos a Liga SP, comentei recentemente que a dez anos atrás lutávamos por isso, é hoje é só comemoração. Isso é um combustível para seguirmos em frente, rumo aos próximos 80 dias que antecedem o desfile”, relembrou o mestre.

Compartilhando da opinião de que o lançamento do CD dos Sambas de Enredo só dignifica anda mais o trabalho das 34 agremiações que integram a Liga SP, o Mestre Moleza, da Unidos de Vila Maria, reafirma a importância de ver toda a sua comunidade unida e feliz. “Minha maior satisfação é ver esse clima de família, um fazendo pelo outro, e eu espero chegar no dia de desfile e trazer as notas que a escola precisa. A felicidade resume, essa apresentação vale muito para uma pessoa que se emociona fácil como eu. Essa festa é a prova de que estamos no caminho certo, naturalmente chegaremos ao melhor Carnaval do Brasil”, reitera.

Integrando a escola Gaviões da Fiel, a 24 anos, e ostentando o pavilhão como primeira porta-bandeira a sete anos, Adriana Mondjian, confessa que sentiu o gostinho de ser campeão nessa festa. “Esse samba foi o meu primeiro ano na escola, eu comecei como porta bandeira mirim e até hoje defendo as cores da Gaviões. Hoje senti literalmente o gostinho de poder futuramente levantar o tão sonhado título. Esse desfile está sendo muito aguardado pela comunidade e eu tenho certeza que veio no momento certo”, finaliza.

O CD Sambas de Enredo Carnaval SP 2019, com gravação ao vivo aconteceu entre os dias 28 de setembro e 08 de outubro de 2018, na Fábrica do Samba, com produção da Liga SP, co-produção, direção técnica e gravação de Rodrigo Pimentel, da RW Studios, e produção artística de Marcelo Casa Nossa.

O CD Sambas de Enredo Carnaval SP 2019, do Grupo de Acesso 2, com as composições dos sambas das 12 agremiações foi gravado em estúdio no mês de novembro e contou com o envolvimento dos mesmos profissionais.

O álbum duplo com os sambas dos grupos Especial e Acesso 1, e o CD do Acesso 2, serão comercializados em todas as lojas físicas, com preço sugerido de R$25 e R$10. Haverá também distribuição nos próximos dias nas plataformas digitais: Spotify, Rdio, iTunes e Google Play.