1 5 6

DIAS PARA O CARNAVAL!

especial enredos 2019

Especial Enredos 2019 – Quarta noite de desfiles

Com toda criatividade, onze escolas do grupo de acesso 2 já tem enredo para o Carnaval 2019

14/09/2018 Redação Liga SP - Foto: especial enredos 2019

Especial Enredos 2019 – Quarta noite de desfiles

Com toda criatividade, onze escolas do grupo de acesso 2 já tem enredo para o Carnaval 2019

Marcando sua estreia no Anhembi, a Primeira da Cidade Líder abre a noite de desfiles do grupo de acesso 2 do Carnaval 2019. A escola, programou a divulgação do seu enredo e samba-enredo para o próximo dia 23 de setembro.

Amizade Zona Leste será a segunda escola a desfilar no Anhembi, com o enredo “Abayomi. Encontro precioso”. O projeto, em desenvolvido pelo carnavalesco Ednei Pedro Mariano, abordará sobre a história de Abayomi, bonecas negras com as quais as crianças africanas brincavam para se distrair da realidade das viagens nos navios tumbeiros na época da escravidão.

Com o enredo “No batuque do tambor, nosso samba é raiz e tradição”, a Torcida Jovem, será a terceira agremiação a entrar no Sambódromo. A escola pretende narrar a importante influência que o tambor africano teve na criação de nossas festas folclóricas que usam o instrumento. Contabilizando o nono carnaval na Torcida Jovem, o carnavalesco Pedrinho Pinotti será o responsável pelo desenvolvimento do projeto.

A Estrela do Terceiro Milênio será a quarta escola a desfilar na segunda-feira de Carnaval, dia 04 de março. Com o enredo autoral do carnavalesco Murilo Lobo, “Coragem! Somos nós que fazemos a vida”, a escola abordará exemplos de coragem que foram capazes de mudar o mundo. A escola do Grajaú ainda dará ênfase em um dos maiores males do nosso tempo, a intolerância!

Tendo como pano de fundo a história e a origem do povo caiçara no Brasil, a Unidos de Santa Bárbara, será a quinta escola a entrar na passarela do samba. Abordando de forma reflexiva a formação do povo brasileiro que vive no litoral, o preconceito e a discriminação, a agremiação pretende fazer uma crítica à posição do povo caiçaras nos dias de hoje. Batizado de “Caiçara, salve o povo da beira do mar”, o enredo é desenvolvido por Anderson Paulino.

Sexta escola a pisar na passarela do samba a Tradição Albertinense apresentará o enredo “Salve Simpatia”, uma grande homenagem as canções de Jorge Ben Jor. Baseada em história fictícia, a escola da Vila Albertina se utilizará das músicas do cantor carioca que celebra 55 anos de carreia e um número expressivo de sucessos que no decorrer desse período esteve nas principais paradas. “País Tropical”, “Taj Mahal”, “Chove Chuva”, “W Brasil”, “Filho Maravilha” e “Ive Brussel” são algumas delas. O projeto é desenvolvido por Diego Motta, Rômulo Camargos e Leonardo Rocha.

A Uirapuru da Mooca será a sétima escola do grupo de acesso 2, a desfilar. Com o enredo “Nas profundezas das águas do Rio Amazonas, se esconde o Eldorado Encantado”, a escola da Zona Leste abordará as lendas e os mitos do rio mais extenso do mundo, o Rio Amazonas. O trabalho assinado por Anselmo Brito e Ivan Pereira Silva será finalizado com uma das festas mais tradicionais da região, o Festival Folclórico de Parintins.

Com o desenvolvimento do carnavalesco Fábio Gouveia, a oitava escola da noite será a Imperador do Ipiranga, com o enredo “Òrun Aiyê e o mensageiro do mundo”. Inspirado no poema do mestre Jorge Amado, a escola irá narrar as peripécias de Exu, o primeiro no panteão dos orixás.

Com o enredo “Professores, Camisa 12 orgulhosamente desfila essa homenagem à vocês, mestres na arte de ensinar!”, a escola Camisa 12, promete uma aula de cultura e emoção na passarela do samba. Com assinatura do carnavalesco Gleuson Pinheiro, a agremiação será a nona do grupo de acesso 2 a cruzar a faixa amarela. De forma reflexiva e alegre o desfile fará uma homenagem a todos aqueles que espalham a semente do conhecimento pelo Brasil.

Décima escola a entrar no Anhembi, a Combinados de Sapopemba apresentará o enredo “A Bença minha Mãe Baiana!”, desenvolvido pelo Carnavalesco Pedro Alexandre, apelidado carinhosamente de Magoo. Em 50 minutos de desfile, a agremiação mostrará as tradições, a fé, a alegria, os encantos, as injustiças, e principalmente o amor que todas as baianas tem pelo Carnaval.

"Paz, Amor e Revolução - A Juventude em Transformação" esse é o enredo da escola de samba Dom Bosco de Itaquera. Penúltima escola do grupo de acesso 2, a escola mesclará ideais de transformação que a humanidade sofreu nas décadas de 60 e 70, através de pensamentos de liberdade, de quebra de rótulos e tabus. A ideia do carnavalesco Danilo Dantas, é trazer à tona o sentimento de mudança, tão presente nos jovens daquela época.

Com a missão de fechar não só o grupo de acesso 2, mas também o desfile das escolas de samba de São Paulo, a Morro da Casa Verde apresentará o enredo “Não julgue para não ser julgado, os humilhados serão exaltados”, desenvolvido por Babu Energia. Em seu desfile, a escola fará uma extensa reflexão sobre o comportamento do homem ao julgar seu semelhante. Administrada por filhos, neto e bisnetos do fundador, Zezinho de Nazareth, a agremiação tem uma das figuras mais emblemáticas do Carnaval paulista, além de seu uma das mais queridas e respeitadas, Dona Guga.

Que delícia, deu para sentir o gostinho do que será apresentado no Sambódromo do Anhembi nos desfiles? Prepare-se, ainda tem muitas surpresas pela frente. Faltam exatos 168 dias para ouvirmos o som da sirene e o coração começar a capotar de felicidade!