1 0 0

DIAS PARA O CARNAVAL!

Divulgação/Liga SP

Liga SP e Senai-SP formam turmas de Corte e Soldagem

Em três meses de parceria os primeiros diplomas serão entregues nesta quarta-feira, dia 31 de outubro

30/10/2018 Redação Liga SP - Foto: Divulgação/Liga SP

Em intensa atividade a parceria firmada entre a Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo e o Senai-SP realiza nesta quarta-feira, dia 31 de outubro, a formatura dos primeiros 30 alunos, 20 do curso de Soldagem e 10 do curso de Cortador de Confecção Industrial.

Os certificados serão entregues pelo presidente da Liga SP, Paulo Sergio Ferreira e contará com a presença do Professor Eugênio Rogério Vieira, Coordenador de Atividades Técnicas da Unidade Osasco do Senai-SP.

Consciente da importância que estes cursos seguem rendendo a comunidade do Carnaval, o Presidente da Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo, Paulo Sérgio Ferreira, reitera os novos horizontes que surgirão com essa formação. “É de suma importância essa parceria que vem rendendo frutos a três meses. A entrega desses diplomas simboliza não só a conclusão de um curso, mas sim, o retorno da dignidade de muitos pais de família. Tenho certeza que essa união com o Senai-SP ganhará novos caminhos e criará muitos outros profissionais, nas diversas áreas que envolvem diretamente ou indiretamente o Carnaval de São Paulo”, comemora o Presidente da Liga SP.

Para a Fiesp a felicidade em ver a transformação na vida de tantas famílias não é diferente. E o Presidente da Fiesp, Ciesp, Sesi e Senai, Paulo Skaf, fez questão de reforçar a importância desse projeto. “É motivo de grande satisfação ver mais uma etapa da parceria com a Liga SP concluída. Mais do que contribuir para a beleza do Carnaval de São Paulo, que terá profissionais capacitados pelo Senai-SP trabalhando com solda das estruturas e costureiras habilidosas confeccionando lindas fantasias, essas pessoas poderão desenvolver suas atividades para gerar mais renda nos meses em que não estão trabalhando para as escolas de samba. Assim, o Senai-SP atinge o objetivo de profissionalizar o Carnaval e cumpre um importante papel social”, reafirmou Paulo Skaf.
Com resultados expressivos, a Coordenadora do Sociocultural da Liga SP e do Projeto, Lucia Helena da Silva enumera as várias vertentes que essa parceria já rendeu. “São vários depoimentos tocantes ao longo desses três meses de projeto, é muito bom perceber que estamos mudando muitas vidas. Ouvir o depoimento de jovens, que pela primeira vez se sentem prontos para enfrentar o mercado de trabalho, mulheres que além de se aperfeiçoarem na construção das fantasias das escolas de samba, agora vislumbram a conquista de maior autonomia financeira costurando em casa, ou até mesmo, ver um diretor de barracão que depois de anos trabalhando na construção de alegorias, realizou o sonho de ser aperfeiçoar tecnicamente e obter um certificado de soldador. Realmente não conseguimos expressar em palavras essa alegria”, afirma a coordenadora.

Outros dados que complementam esse projeto e só reafirmam o compromisso entre as instituições, é o Sebrae na Comunidade, ao todo já foram realizados mais de 150 atendimentos no seguimento Sebrae Comunidade – MEI, com a unidade móvel, diretamente nas escolas de samba. Ao todo 60 alunos fizeram cursos em temas diversos estudando em unidades do Instituto Paula Souza ou Senai, próximos as suas casas e até a conclusão de 2018, esses números devem engordar e ultrapassar a marca dos 200 atendimentos.

Vale lembrar que no último dia 22 de outubro, outros 15 alunos iniciaram mais uma turma de Soldadores e os cursos de Modelagem e Costura segue em andamento, e a previsão é que até o dia 17 de dezembro todas as turmas concluíam os seus respectivos cursos.

Resumindo, durante os últimos três meses, data em que a parceria foi ativada, cerca de 300 pessoas foram beneficiadas de forma totalmente gratuita e planejamos totalizar 500 pessoas até o encerramento de 2018.

Mais informações sobre os futuros cursos, os interessados podem contatar a Coordenadora do Projeto, Lucia Helena da Silva no e-mail
projetosculturais@ligasp.com.br