Marcelo Messina e Felipe Araújo

Mancha Verde conquista primeiro título no Carnaval de São Paulo

Pérola Negra é a campeã do Grupo de Acesso 1 e a Estrela do Terceiro Milênio conquista o título do Grupo de Acesso 2

05/03/2019 Redação Liga SP - Foto: Marcelo Messina e Felipe Araújo

Emoção a flor da pele, disputa acirrada, um sobe e desce na tabela que gerou taquicardia. Como em todas as apurações os sentimentos superam a razão e nesse Carnaval 2019 não foi diferente.

Pela primeira vez em sua história, a Mancha Verde foi coroada campeã do Carnaval de São Paulo. Com 270 pontos, a escola de samba ficou com a nota máxima possível, contando os descartes. Em segundo lugar, ficou a Dragões da Real com 269,9 pontos e, em terceiro, ficou a Rosas de Ouro com a mesma pontuação. A campeã superou suas coirmãs no último quesito, o de alegoria, para garantir sua primeira vitória no Grupo Especial do Carnaval de São Paulo.

A Mancha Verde que defendeu o enredo “Óxala, salve a princesa! A saga de uma guerreira negra” teve como ponto de partida a história de uma princesa africana que luta pelo direito dos negros e das mulheres, e usa de todos os seus esforços para combater a escravidão e enfrenta a intolerância religiosa.

Apelidado como Mago, o Carnavalesco estreante na agremiação, porém, premiado, Jorge Freitas conquistou o tão sonhado título para a Mancha. “É uma emoção muito grande, é o reconhecimento do trabalho de um ano inteiro. A Mancha conquistar o seu primeiro título só engrandece ainda mais a magnitude da nossa festa, o quesito que nos trouxe o á vitória foi um dos quesitos que trabalhamos muito, nosso trabalho sempre foi em grupo, eu comandei, mas se não fosse o apoio e a união de todos nada seria possível”, comemorou o artista.

E quem conquistou as duas vagas para a elite do Carnaval de São Paulo foi a Pérola Negra e a Barroca Zona Sul.

A escola da Vila Madalena, trouxe para a avenida o enredo “Da Majestosa África, tu és negra mulher guerreira a verdadeira Pérola Negra”, com o carnavalesco Anselmo Brito.
A presidente da escola, Sheila Mônaco, contou que foi um Carnaval "sofrido" e praticamente sem recursos. "Passamos por quatro enchentes no barracão. Há 30 dias não tínhamos nenhum carro. Mas a comunidade se juntou e decidiu arregaçar as mangas em prol de um sonho, o sonho de voltar para o Grupo Especial do Carnaval de São Paulo, o resultado está aí, agora somos campeões do Acesso. Dá-lhe Vila Madalena", comemora Sheila.

Em segundo lugar, ficou a Barroca Zona Sul que apresentou o enredo "Okê Arô" e homenageou o orixá Oxóssi.

Desenvolvendo o enredo “Coragem! Somos nós que fazemos a vida” e dedicando o título do Acesso 2, a comunidade do Grajaú, o presidente da Estrela do Terceiro Milênio, Gilberto Rodrigues, conhecido carinhosamente como Giba disse que o segredo do título foi a conexão comunidade e diretoria. “Nós tínhamos certeza do grande trabalho realizado e o resultado veio na pista, sem minha comunidade nada seria possível, por isso dedico esse título a todos eles. Acredite, não é nada fácil trazer uma escola de samba lá no extremo sul para o berço do Carnaval de São Paulo, e nos vencemos”, afirmo o presidente Giba.

Programe-se, o Desfile das Campeão acontece nesta sexta-feira (08), a partir das 21h. Cruzam a passarela do samba, Estrela do Terceiro Milênio, Barroca Zona Sul, Pérola Negra, Império de Casa Verde, Unidos de Vila Maria, Rosas de Ouro, Dragões da Real e finalizando, Mancha Verde.

Confira a classificação do Grupo Especial:

1º Mancha Verde 270
2º Dragões da Real 269,9
3º Rosas de Ouro 269,9
4º Unidos de Vila Maria 269,7
5º Império de Casa Verde 269,7
6º Águia de Ouro 269,6
7º Acadêmicos do Tatuapé 269,5
8º Mocidade Alegre 269,5
9º Gaviões da Fiel 269,5
10º X9 Paulistana 269,5
11º Colorado do Brás 269,3
12º Tom Maior 269,2
13º Acadêmicos do Tucuruvi 269,2 (rebaixada)
14º Vai-Vai 268,8 (rebaixada)


Confira a classificação do Grupo de Acesso:

1º Pérola Negra 269,5
2º Barroca Zona Sul 269,3
3º Nenê de Vila Matilde 269,1
4º Independente Tricolor 268,9
5º Mocidade Unida da Mooca 269,6
6º Camisa Verde e Branco 269,6
7º Leandro de Itaquera 268,2
8º Unidos do Peruche 268 (rebaixada)


Confira a classificação do Grupo de Acesso 2:

1º Estrela do Terceiro Milênio 270
2º Morro da Casa Verde 269,9
3º Dom Bosco 269,5
4º Primeira da Cidade Líder 269,4
5º Imperador do Ipiranga 269,4
6º Camisa 12 269.2
7º Unidos de Santa Bárbara 268,9
8º Tradição Albertinense 268,5
9º Torcida Jovem 268,5
10º Amizade Zona Leste 268
11º Uirapuru da Mooca 267,9
12º Combinados de Sapopemba 267,5 (rebaixada)