Felipe Araújo

Morro da Casa Verde fecha desfiles do Grupo de Acesso 2

Provocando reflexão aos espectadores, a verde e rosa da zona norte abordou o comportamento do homem ao julgar seu semelhante

04/03/2019 Redação Liga SP - Foto: Felipe Araújo

Com a missão de fechar não só o Grupo de Acesso 2, mas também o desfile das escolas de samba de São Paulo, a Morro da Casa Verde apresentou o enredo “Não julgue para não ser julgado, os humilhados serão exaltados”.

Em seu desfile, a escola fez uma extensa reflexão sobre o comportamento do homem ao julgar seu semelhante.

Administrada por filhos, neto e bisnetos do fundador, Zezinho de Nazareth, a agremiação tem uma das figuras mais emblemáticas do Carnaval paulista, além de ser uma das mais queridas e respeitadas, Dona Guga, que definiu o seu amor pela agremiação. “Eu herdei a escola do meu pai, e antes de morrer eu jurei cuidar e me dedicar, sempre levei ao pé da letra essa promessa, eu vou cuidar até meus últimos dias, o Morro é a minha vida”, emocionada comentou Dona Guga.

Os vencedores do Carnaval de São Paulo serão conhecidos amanhã, a partir das 15h, começa a abertura dos envelopes.

Os quesitos serão lidos na seguinte ordem: Bateria, Samba-Enredo, Evolução, Fantasia, Harmonia, Comissão de Frente, Mestre Sala e Porta Bandeira, Enredo e Alegoria.

 

 

Fotos do Desfile da Morro da Casa Verde