Felipe Araújo

Musicais infantis são retratados pela Camisa Verde e Branco

Remetendo ao imaginário, a escola da Barra Funda convidou o público a recordar personagens marcantes dos grandes musicais

03/03/2019 Redação Liga SP - Foto: Felipe Araújo


As histórias dos musicais infantis foi o ponto de partida do enredo da Camisa Verde e Branco, sexta escola a cruzar a passarela no samba neste domingo (03).

Batizado de “Orin, Orin - Uma viagem sem fim... Quando os tambores ecoam na floresta, a Barra Funda está em festa”, o tema trouxe personagens como O Rei Leão, Cinderela, Branca de Neve, a Pequena Sereia e a Bela Adormecida para o Sambódromo do Anhembi.

Nove vezes campeã do Grupo Especial de São Paulo, a escola da Barra Funda tem um único desejo, retornar a elite do Carnaval com emocionada comentou a vice-presidente da agremiação, Erica Ferro. “Hoje foi um dia de muita emoção e nervosismo, sem verba eu consegui colocar a escola na rua, eu dei o meu melhor, dei o meu sangue, a minha alma... essa escola representa a minha vida, a minha história, a história da minha família, nada e nem ninguém vai me fazer desistir”, em prantos concluiu a vice-presidente.

Com um samba-enredo envolvente, Tiganá, o interprete da escola, também se emocionou ao falar sobre a responsabilidade em comandar o carro de som da agremiação. “Eu completo 15 anos de avenida, e interpretar um samba tão envolvente e contagiante como o da Camisa é indescritível. Só tenho motivos para comemorar e agradecer papai do céu por me dar saúde e possibilitar essa felicidade para essa escola tão amada”, concluiu.

 

Fotos do Desfile da Camisa Verde e Branco