Felipe Araújo

Povo Armênio foi homenageado pela Rosas de Ouro

Escola da Freguesia do Ó, fez um paralelo entre cultura e as tradições da Armênia com o nosso país

02/03/2019 Redação Liga SP - Foto: Felipe Araújo

Quinta escola a desfilar na segunda noite do Grupo Especial, a Rosas de Ouro prestou uma grande homenagem ao povo armênio com o enredo “Viva Hayastan”.

Na avenida, a azul e rosa fez um elo entre a história do Carnaval de São Paulo e a comunidade armênia que aqui mora, enaltecendo as tradições e a cultura desse povo que sofreu um dos maiores genocídios da história mundial.

Confiante em um bom resultado, a presidente Angelina Basílio reiterou a importância que esse enredo tem para a nossa sociedade. “Nosso enredo tem um sentimento muito especial, eu me envolvi muito com o povo armênio e a história dessa gente tão sofrida. Acredite, essa homenagem é muito justa, apesar de todos os problemas esse povo venceu todas as adversidades”, concluiu a presidente.

Idealizado pelo Carnavalesco André Machado, “Viva Hayastan”, cumpriu sua missão, falar a cultura e a história desse país, como o próprio artista argumentou. “Esse enredo não foi feito apenas para a nossa comunidade, mas também para o povo armênio que precisa que o mundo reconheça tudo que esse povo sofreu. Nosso enredo não é político, ele é cultural, e que mesmo espalhado pelo luto em muitos momentos, a tradição prevaleceu”, afirmou André.

 

Fotos do Desfile da Rosas de Ouro