1 0 5

DIAS PARA O CARNAVAL!

Liga SP

Presidente da Liga SP celebra sucesso do Carnaval: "Grandes espetáculos"

Em balanço sobre desfiles, Serginho comemorou equilíbrio entre escolas e o fato de nenhuma ocorrência ter sido registrada no Sambódromo

19/02/2018 Redação Liga SP - Foto: Liga SP

Em balanço sobre o Carnaval SP 2018, o presidente da Liga SP Paulo Sérgio Ferreira, o Serginho, exaltou o equilíbrio das disputas, tanto no Grupo Especial como nos Grupos de Acesso. Segundo o dirigente, as escolas abraçaram o projeto de transformar no Carnaval de São Paulo no maior do Brasil e os desfiles mostraram isso.

"Foram quatro noites de grandes desfiles e a apuração diz tudo: as escolas estão muito equilibradas. Elas entenderam o projeto de tentar alcançar o maior Carnaval do Brasil e fizeram grandes espetáculos. Foi uma apuração que há muito tempo não tínhamos, bem acirrada. Tinha uma hora que estavam quatro, cinco escolas em primeiro lugar", afirmou Serginho.

+ Veja as notas da apuração do Carnaval SP 2018

Na visão do presidente da Liga SP, quem ganha com a disputa acirrada é o público. Sobretudo se for destacado que nenhuma ocorrência foi registrada dentro do Sambódromo do Anhembi, garantindo segurança e conforto para os espectadores.

"O Carnaval dentro do Sambódromo se torna cada vez mais seguro e a gente mostra profissionalismo e organização. Todo mundo trabalhando certo, todo mundo trabalhando direitinho e o objetivo sendo conquistado. Que venha 2019 para que a gente possa fazer outro Carnaval gigante", finalizou Serginho.

Quatro escolas terminaram o Grupo Especial com a nota máxima, 270 pontos, tendo sido o título decidido apenas nos critérios de desempate - a Acadêmicos do Tatuapé levou a melhor sobre Mocidade Alegre, Mancha Verde e Tom Maior. Quinta colocada, a Dragões da Real ficou com 269,9 pontos.

No Grupo de Acesso, a campeã Águia de Ouro fez 270 pontos, apenas 0,1 ponto a mais que a Colorado do Brás, vice-campeã e que também estará na elite do samba paulistano no ano que vem.

A disputa foi acirrada também no Grupo de Acesso 2, onde a Mocidade Unida da Mooca bateu a Estrela do Terceiro Milênio também por apenas 0,1 ponto e subiu de divisão - detalhe: a vitória veio somente na última nota do último quesito.