2 2 4

DIAS PARA O CARNAVAL!

divulgação dragões

Quintaes fala em levar maturidade a enredo da Dragões de 2019

Após disputar Carnaval 2018 pela Unidos do Peruche, profissional fará seu primeiro trabalho pela Dragões no ano que vem 

26/04/2018 Redação Liga SP - Foto: divulgação dragões
 
Mauro Quintaes está de casa nova no Carnaval de São Paulo: a Dragões da Real. E a escola, ao que tudo indica, estará de cara nova na disputa do ano que vem. Após o vice-campeonato de 2017 e o quinto lugar de 2018, o carnavalesco pretende aproveitar justamente a idade da agremiação para dar a ela o passo que julga ser decisivo na busca pelo título inédito do Grupo Especial: maturidade em termos de enredo.
 
"É uma escola de 18 anos, está fazendo a maioridade agora, e é moderna, que dialoga melhor com meu trabalho. E a escola também estava procurando mudar o formato da Comissão de Carnaval e trabalhar com uma cabeça só, artisticamente falando", falou Quintaes, que terá todo o respaldo da diretoria da Dragões mesmo morando no Rio de Janeiro.
 
"Montaram uma equipe de suporte muito interessante levando em consideração que eu moro no Rio e não vou ter a disponibilidade total de ficar lá. Pessoas que já foram carnavalescos e outros técnicos no projeto. Isso me dá muita tranquilidade", prosseguiu o profissional.
 
Em 2018, Quintaes trabalhou na Unidos do Peruche. Apesar do resultado não ter sido o esperado - a agremiação foi rebaixada para o Grupo de Acesso -, o carnavalesco teve seu bom trabalho reconhecido.
 
"O conjunto alegórico da Peruche acabou abrindo muitas portas para mim. E eu fiz a opção pela Dragões por conta do presidente Tomati, que eu já conhecia dos eventos da Liga, e pela seriedade da escola, que está em ascensão", disse Quintaes.
 
O carnavalesco afirmou que o enredo do Carnaval 2019 só será definido em maio. Há no momento duas propostas em análise e, segundo o ele, bem diferentes do que a Dragões apresentou nos últimos dois anos - homenagens a Asa Branca e à música caipira.
 
"Nenhuma das duas propostas tem compromisso de patrocínio, nada disso. É uma leitura que foge um pouco dos anos anteriores, é um enredo mais denso", contou Quintaes.
 
"O projeto é mudar um pouquinho. Até repito essa coisa da maturidade, fazendo uma analogia com os 18 anos da escola, com um amadurecimento melhor em termos de enredo. Tão interessante quanto os anos anteriores, mas talvez um pouco mais séria", finalizou o profissional.
 
Com o enredo "Minha música, Minha raiz! Abram a porteira para essa gente caipira e feliz!", a Dragões da Real terminou o Grupo Especial do Carnaval 2018 na quinta colocação, com 269,9 pontos.

Matérias Recomendadas