1 0 9

DIAS PARA O CARNAVAL!

Marcelo Messina/Liga SP

Revista da Liga SP é lançada em noite regada a samba e celebrações

O presidente Paulo Sergio Ferreira, o Serginho, reuniu bambas e autoridades para esquentar o Carnaval paulistano

31/01/2018 Redação Liga SP - Foto: Marcelo Messina/Liga SP

O lançamento oficial da Revista da Liga SP, publicação com conteúdo dedicado às 34 escolas de samba dos grupos Especial, Acesso e Acesso 2, entre outros editoriais relevantes no contexto carnavalesco, reuniu autoridades e bambas do samba, no dia 29 de janeiro, no espaço de eventos Coco Bambu, na Zona Norte de São Paulo, um dos grandes redutos do Carnaval paulistano.

O presidente Paulo Sergio Ferreira, o Serginho, o grande organizador, com a colaboração da equipe da Liga SP, entendeu o evento como uma maneira de proporcionar momentos de descontração aos presidentes, diretores, carnavalescos e todos os profissionais que de alguma forma dedicam o ano inteiro para o sucesso do Carnaval paulistano.

“Faltando pouco mais de uma semana para a abertura dos desfiles, é normal que todos estejam com os ânimos acirrados, daí a iniciativa de preparar essa confraternização. Devido às constantes chuvas na cidade, as escolas de samba estão um pouco mais preocupadas do que o habitual, pois isso pode influenciar no resultado do desfile. Além disso, já estão começando a conduzir os carros alegóricos até o Sambódromo, daí ser preciso descontrair um pouco. Creio que o Carnaval paulistano terá grandes surpresas para o público e o mundo. Desejo ótimos espetáculos a todos, afinal, estamos preparados para que a festa seja maravilhosa”, destacou.

Eduardo dos Santos, presidente da Acadêmicos do Tatuapé, com passistas da escola campeã do Carnaval 2017 (Foto: Marcelo Messina/Liga SP)

Assíduo apoiador do Carnaval paulistano, o vereador Milton Leite, presidente da Câmara Municipal de São Paulo, ressaltou que a Liga SP reuniu as escolas e os amantes do Carnaval, lançou a revista oficial nesse evento de suma importância - uma espécie de relaxamento -, para que todas as escolas, às vésperas do Carnaval, deixem um pouco as tensões e preocupações de lado. Fora isso, ele avaliou como positivo o suporte pela retomada das obras da Fábrica do Samba I que visa abrigar todas as escolas, inclusive através do excelente trabalho realizado pela Liga SP. “Isso é bom para o samba de São Paulo. É preciso lutar com o coração e com a alma”, assinalou.

Saudado pelo presidente Serginho, o secretário José Luiz Penna, secretário da Cultura do Estado de São Paulo, destacou o reconhecimento dado ao Carnaval como evento cultural mais importante do país. “O Carnaval mexe com milhares de pessoas e com a criatividade. Nenhuma indústria gera em quatro dias tantos recursos como esse. Por isso, chamei para minha responsabilidade a defesa do maior evento de nossa sociedade, pois não posso passar pela Secretaria da Cultura e não ter um gesto forte em defesa do maior evento de nossa sociedade. Não fiz mais do que minha obrigação! Creio que o passado, presente e futuro do samba merece ser preservado. Daí o meu empenho", completou.

Eduardo dos Santos, presidente da Acadêmicos do Tatuapé, escola campeã pelo Grupo Especial da Liga SP, considerou o evento altamente positivo, uma vez que reuniu todos os presidentes e profissionais do Carnaval. “Faltam poucos para os desfiles e, hoje, é um dos poucos dias do ano que podemos nos encontrar para falar de Carnaval e celebrar com as pessoas ligadas ao mundo do samba e com as demais agremiações. Como escola campeã do Carnaval 2017, faremos uma apresentação no final da festa, pois viemos com a missão de alegrar e divertir os presentes”, observou.

Outra escola campeã, a X-9 Paulistana pelo Grupo de Acesso em 2017, apresentou um show com ritmistas de sua bateria ao som do samba de enredo deste ano “A voz do samba é a voz de Deus. Depois da tempestade vem a bonança!” interpretado por Darlan Alves. Em tempo de sambar, Ailton Martinelli, o Branco, presidente da X-9, brindou: “Estamos aqui para comemorar e fazer parte desta família. Estamos aqui para mostrar nosso trabalho e da X-9 Paulistana”.