Alex Pires

Samara Carneiro completa 10 carnavais

A veterana do samba paulistano comemora uma década no Anhembi e continua vivendo um sonho

22/02/2019 Redação Liga SP - Foto: Alex Pires

O frio na barriga não passa. Samara ainda sente a mesma emoção quando os portões se abrem e ela ouve a sirene. “Cada vez que piso na avenida meu coração se enche de alegria, a cada ensaio e a cada desfile, é sempre como se fosse a primeira vez” E essa emoção completa dez desfiles neste Carnaval de 2019.

Samara iniciou no samba em 2009 como destaque de chão da Mocidade Alegre. Desde então desfila durante todos esses anos na Mocidade Alegre que considera seu berço do samba. “Comecei no Mocidade Alegre e tenho um carinho enorme pela comunidade e pela escola. São 10 anos não tem como não mensurar a gratidão que sinto e o espaço que fui ganhando dentro da escola com muito respeito e amor”

Junto com o amor a Mocidade Alegre, Samara, também foi ampliando cada vez mais seu amor ao samba e a cultura. “Quando vivenciamos o universo do samba e vamos tomando conhecimento da cultura e tudo que ela representa, o respeito vai aumentando. Hoje, passados esses dez anos, sei que cada vez que piso na avenida estou representando uma cultura pluralista e que é reverenciada para todo o mundo durante o Carnaval, mas que é vivida o ano todo dentro das escolas”

E para alegria de Samara este ano além de destaque de chão do Mocidade Alegre, ela recebeu o convite para ser Rainha de Bateria do Perola Negra. “Eu fiquei muito feliz e lisonjeada com o convite. Claro, a responsabilidade é grande, mas conto muito com a excelência da bateria Swing da Mada e com o comando do Mestre Neninho para encara este desafio”.

Para acompanhar a Samara comemorando seus dez anos de sambódromo ela faz o convite a todos a acompanharem seus desfiles. “No sábado (02/03), desfile pelo Mocidade Alegre que será a terceira escola a entra na avenida. No domingo, (03/03) é a vez do Perola Negra e seremos a última escola do dia e convido a todos a prestigiarem não só as minhas escolas, mas como o Carnaval de São Paulo, nos vemos lá”