2 5 4

DIAS PARA O CARNAVAL!

Camisa 12

Ficha técnica

Fundação: 12/01/1996

Cores oficiais: Preto, amarelo, branco, sulferino e vermelho

Presidente: Eder Francisco

Vice: Giovanni Madimbu

Carnavalesco: Gleuson Pinheiro

Diretor de Carnaval: Gabriel Monteiro de Campos

Primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira: Diogo Humberto Alves e Vanderleia Franco

Diretor de Barracão: Ericson Vieira Paulo

Diretor de Harmonia: Jose Carlos Camacho

Primeiro casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira: Diogo Humberto Alves e Vanderleia Franco

Carnavalesco: Gleuson Pinheiro

Rainha de bateria: Vanessa Alves

Mestre de bateria: Luís Felipe Moreira “Mestre Lipe”

Intérprete: Leonardo Lucas dos Reis “Léo Reis”

Enredo 2018: “Camisa12 exalta a luta e a consagração:  SÃO JORGE, o santo das três religiões”

Enredo 2018

Letra do Samba

CAMISA 12 EXALTA A LUTA E A CONSAGRAÇÃO. SÃO JORGE, O SANTO DAS 3 RELIGIÕES

 

Salve o santo guerreiro, axé
Na espada de Jorge, toda minha fé
De lança e armadura venceu o dragão
Te tatuei no peito, no coração


Velas, rosas...
Um belo altar pra te saudar
Peço licença pra contara tua história.
Linda trajetória de lutas e glorias
Da capadócia nasceu pra brilhar
Mesmo perseguido, seguiu a lutar
Nas demandas foi um grande vencedor
Por vários países cultuado
Consagrado, fiel cavaleiro
De Portugal chega ao solo brasileiro


Ogunhè meu pai. Saravá, Saravá
São Jorge Padroeiro, é quem me guia
Eu vou bater o tambor, Oh meu orixá
Abençoe o meu caminhar


A arte e a música em cena
Fazendo poemas a lux do luar
Na voz de vários cantores
Ou na arquibancada é o mais popular
A nação Corinthiana, em procissão vem celebrar
Com orgulho a camisa 12
Nessa prece vem te homenagear

 

Compositores: Capão, Xuxa do Cavaco, Rodrigo Bola, Neuber André, Digo Sá e Tchelo

Nossa história

A paixão pelo SAMBA e pelo FUTEBOL são marcas do povo brasileiro. E na maioria dos casos elas se confundem, caminham lado a lado. Nessa junção Samba & Futebol estão presentes desde a fundação da Fiel Torcida Jovem Camisa 12, em 1971.

 

Os jogos, as viagens e as festas eram embaladas por muito samba. E aqueles jovens apaixonados pelas cores alvinegras que viajavam o Brasil a fora sempre com um surdos, repiniques e caixas, fazendo a alegria por onde passavam. Tinham um sonho: VER A CAMISA 12 TAMBÉM NO CARNAVAL.

 

Durante a década de 80, mais estruturada e já no bairro da Vila Maria, a Camisa 12 cria o Projeto Praça da Batucada (Praça Santo Eduardo). Onde reunia aos sábados grupos de pagodes e sambistas de diversas regiões da cidade. Sendo na sua grande maioria membros de outras escolas de samba, como o Camisa Verde e Branco, Vai-Vai, Unidos de Vila Maria e Nenê de Vila Matilde, entre outras. Os eventos terminavam sempre numa BATUCADA de QUALIDADE, que inspirou aqueles jovens a criar o Bloco Carnavalesco Camisa 12 no ano de 1988.

 

Com um grande espaço para eventos. A quadra da Camisa 12, que até hoje está localizada na Rua Juvenal Gomes Coimbra, 12 (Ao lado da Ponte da Vila Maria), passou a receber os ensaios do Bloco Carnavalesco.

 

O Bloco desfilou no carnaval de São Paulo até o ano de 1999. E figurou sempre entre os primeiros colocados. Levando em seus desfiles muita alegria, diversão e temas político-sociais, que sempre foi um referencial da entidade.

 

Com 2 títulos de Campeão entre os Blocos Especiais, o bloco encerrou as atividades em 1995. E no ano seguinte, surge o Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Camisa 12, que logo na estreia consagra-se CAMPEÃ do GRUPO DE ESPERA da UESP.

 

Os próximos anos foram marcados pelas conquistas dos grupos subsequentes. Levando o Camisa 12 ao topo do Grupo I da UESP e vaga garantida no Grupo de Acesso da Liga das Escolas de Samba no carnaval de 2002.

 

O rápido e surpreendente processo de evolução da entidade, trouxe consigo aprendizado, fortalecimento e acima de tudo, mostrou que o Camisa 12 poderia ir além.

 

No seu 2º ano no Grupo de Acesso, a escola fica na 4ª colocação, com o Enredo “Trabalhadores Unidos” e consolida de vez, o teu nome no cenário do carnaval paulistano.

 

Após mais um ano do grupo de acesso, os anos seguintes marcam o trânsito da escola entre os grupos 1 e 2 da UESP, e registram mais 2 conquistas (2010 e 2012).

 

Em 2017 o Camisa 12 conquista mais uma vez o Grupo II, com um enredo em homenagem ao Sambista Adoniran Barbosa. E leva a escola novamente para os desfiles no Sambódromo do Anhembi.

 

CORAGEM e DETERMINAÇÃO são os diferenciais desta escola de samba. Que apesar de jovem, costuma-se afirmar na Camisa 12, que: “O NOSSO SAMBA TEM HISTÓRIA!”

Últimas notícias Ver todas

Matérias Recomendadas