Tradição Albertinense

Ficha técnica

Fundação: 30/03/2002

Cores oficiais: Verde, amarelo, azul e branco

Presidente: Creusa Camargos

Carnavalesco: Danilo Dantas

Direção de Bateria: Mestre Augusto e Mestre Tutu

Primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira: Diego Motta e Erica Parassu

Enredo 2018: “Das praças aos palcos, a trupe albertinense apresenta: as mil e uma faces do artista brasileiro”

Intérprete: Léo do Cavaco

Enredo 2018

Letra do Samba

DAS PRAÇAS AOS PALCOS, A TRUPE ALBERTINENSE APRESENTA: AS MIL E UMA FACES DO ARTISTA BRASILEIRO


Vai clarear... Vem ver
Albertinense chegou!
Mostrando a garra e alegria de viver
Deste povo vencedor!


A nossa trupe vai passar
E te levar, pelos quatro cantos do país
A festa já vai começar...
Vem se entregar e ser feliz!
Numa odisseia fascinante...
Lá vai o nosso circo itinerante
Em cada esquina, eu vou encontrar
Palhaços artistas pra te encantar
E da cartola a surpresa o que será?
A magia está no ar!


Pelas ruas lá vou eu... Eu vou...
Ouvindo “estórias de um contador”
Um saltimbanco no meio da multidão
Ao som de uma linda canção


Lata d'água na cabeça, lá vai maria
Quem quer comprar? Uma voz anuncia!
”Malandro" é quem sabe amar...
E tem a lua como par...
Cheguei numa terra enfeitada
De uma gente arretada, la pras bandas do sertão
Que faz de cada poesia sua história
Nosso teatro em verso e prosa, mostra sua TRADIÇÃO!


Compositores: Léo do Cavaco, Armênio Poesia, André Filosofia e Xandinho Nocera

Nossa história

Em breve!

Últimas notícias

Matérias Recomendadas