7 2 ,

DIAS PARA O CARNAVAL!

X-9 Paulistana

Ficha técnica

Fundação: 12/02/1975

 

Cores oficiais: Verde, vermelho e branco

 

Presidente: Ailton Martinelli (Branco)

 

Carnavalesco: Amarildo de Melo

 

Mestres de Bateria: Fabio Américo e Kito

 

Primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira: Marcos Eduardo e Lyssandra Grooters 

 

Diretores de Harmonia: Comissão 

 

Rainha de Bateria: Juju Salimeni

 

Intérprete: Darlan Alves

 

Colocação em 2018: 11º Lugar - Grupo Especial

 

Ordem do Desfile em 2019
Grupo Especial - Sexta-Feira - 01/03
6ª Escola à Desfilar - 04H40

 

Enredo de 2019: " O Show Tem Que Continuar! Meu Lugar é Cercado de Luta e Suor, Esperança Num Mundo Melhor " 

Enredo 2019

 

Letra do Samba

O SHOW TEM QUE CONTINUAR! MEU LUGAR É CERCADO DE LUTA E SUOR,
ESPERANÇA NUM MUNDO MELHOR!

Samba de arerê pra você voltar
Zona Norte é Madureira
Ando louco de saudade, olha o povo pedindo bis...
Ainda é tempo de viver feliz!

 

Não subestime um filho de Xangô
A recompor a vida
O Alujá ecoa forte no rum,
O Ylê de Ogum, convida,
O ídolo, parceiro, companheiro, irmão,
Símbolo maior do samba em minha geração,
Gênio, pai herói... o clarão da lua cheia, Candeia
Nos versos que ele semeou
Gira bailarina, seu eterno amor
A porta-bandeira, frutos na tamarineira

 

La-laiá, laia, laiá...
O banjo no peito, sambista perfeito, o mestre imortal
Lá, Laiá, Laiá...
O samba agradece, floresce no fundo do nosso quintal

 

Aos olhos grandiosos de Oxalá
Serrinha marejou o seu olhar
Que brilha na coroa imperial
Um lume imponente, divinal
Da lança de São Jorge protetor
A esperança de um Quixote sonhador
É voz dos humildes por um pedaço de chão,
Voz dos humildes por um pedaço de pão
Favela, de gente sofrida, mas que valoriza a própria raiz
Aquela que sente na pele as chagas da vida, a dor do país
X9 a cantar, conduz até seu lugar à luz,
A continuar o show de Arlindo Cruz...

 

Compositores: Arlindo Neto, André Diniz, Claudio Russo, Márcio André Filho, Marcelo Valência e Darlan Alves.

Nossa história

O Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba X-9 Paulistana foi fundado em 12 de fevereiro de 1975, no bairro da Parada Inglesa, Zona Norte de São Paulo.
 
Na ocasião, um grupo de amigos comemorava no famoso Bar do Japonês a vitória do seu time de futebol, o Grêmio Internacional Parada Inglesa, time de várzea da região, e, como em qualquer comemoração, era indispensável uma boa batucada. Assim surgiu a ideia de fundar uma escola de samba.
 
Da sua fundação até meados da década de 1980, a participação da escola no Carnaval paulistano era tímida. Mas uma nova administração deu novo estilo para a agremiação e logo veio a recompensa. A X-9 sagrou-se campeã em todos os grupos intermediários até disputar, pela primeira vez em sua história, o Grupo Especial em 1995.
 
Em 1997, a agremiação foi campeã com o enredo “Amazônia, a Dama do Universo”, feito inédito para uma escola de samba com apenas três desfiles no Grupo Especial. Outro título veio em 2000, cantando o enredo "Quem é você, Café!".  Conquistou ainda dois vice-campeonatos, em 2004 e 2005.
 
A X-9 fez parte do Grupo Especial até 2016, quando acabou rebaixada para o Grupo de Acesso. Com novo título em 2017, a escola retorna à elite do samba paulistano em 2018.

Últimas notícias Ver todas